quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Gémeas nascem com tons de pele diferentes nos EUA !

Essas lindas gêmeas norte-americanas, Kalani e Jarani Dean, chamam atenção por onde passam por suas diferenças físicas. Jarani tem pele negra e olhos castanhos, e Kalani tem pele branca e olhos azuis.
Seus pais são Whitney Meyer e Tomas Dean, de 23 anos, que moram em Quincy, Illinois (EUA). Meyer tem compartilhado imagens da família em crescimento desde quando ficou sabendo que esperava dois bebês. Os pais chamam as filhas de “bebês milagre”, que vieram ao mundo para mostrar por que o racismo não deveria existir.
Meyer é caucasiana, e Dean é afrodescendente. Enquanto Kalani herdou os genes para cor da pele e dos olhos claros da mãe, Jarani herdou os genes de pele e de olhos escuros do pai. “Nesta família, não vemos cor. Amor é amor”, diz a mãe para a People.
Ela lembra que no dia no nascimento das filhas, em 23 de abril de 2016, o casal ficou totalmente surpreso ao ver a diferença na cor da pele das bebês. “Quando Kalani nasceu eu achei que ela tinha albinismo, porque ela era toda branca. Perguntei para os médicos, que disseram que não. Eu achei que a cor chegaria mais tarde, mas não aconteceu”, lembra ela. “É muito raro”.
Já Jarani nasceu com melanocitosis dérmica congênita, manchas azuladas na região as costas que costumam desaparecer nos primeiros anos de vida da criança. Essas marcas são mais comuns em bebês de pele escura.

1 em 500 gêmeos de casais de raças diferentes

Segundo o médico especialista em genética Jim Wilson afirmou à BBC, casais britânicos de raças diferentes que esperam gêmeos fraternos têm 1 chance em 500 que seus bebês nasçam com diferentes tons de pele.
Já a Médica Nancy Segal, diretora do Centro de Estudos de Gêmeos da Universidade do Estado da Califórnia, opina: “eu imagino que isso vai acontecer com mais frequência agora que temos mais relacionamentos de pessoas de raças diferentes”. 
Segal explica que a cor da pele é determinada por muitos genes diferentes. “Pode ser que uma criança herde alguns genes do pai e da mãe enquanto a outra criança herda o conjunto de genes de apenas um. Isso explica a diferença nos tons de pele. Gêmeos fraternos podem ser completamente diferentes um do outro”.
Além da diferença nas características externas, as bebês de 9 meses já mostram personalidades muito distintas. Segundo os pais, enquanto Kalani é cheia de energia e brincalhona, Jarani gosta mesmo é de ficar no colo. “Kalani engatinha para todos os lados e mexe em tudo, enquanto Jarani não quer ser colocada no chão”, diz a mãe.
As meninas adoram seu irmão mais velho, Talan, de 7 anos. “Ele é o melhor irmão mais velho. Ele não vê nenhuma diferença nas meninas, ele é totalmente cego para cor”, afirma a mãe das crianças. Talan é caucasiano e é filho de outro relacionamento de Meyer.
“As pessoas deste país deveriam aprender muita coisa com meu filho. Ele é tão inocente, ele não sabe nada sobre tensões raciais, porque para ele isso não importa, como não deveria importar para ninguém”, defende ela.

Pouco antes do nascimento das meninas, em julho de 2014, a família perdeu o filho de meio, Pravyn, de dois anos de idade, vítima de afogamento. Meyer diz que o nascimento das gêmeas trouxe muita alegria para a família, e agradece todo o apoio que tem recebido nas redes sociais.
“Aquece o meu coração a resposta que tenho tido em relação às minhas gêmeas. Isso devolve minha fé na humanidade em um momento em que este país realmente precisa disso”, conclui. 

Fonte: http://hypescience.com/gemeas-nascem-com-tons-de-pele-diferentes-nos-eua/?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed%3A+feedburner%2Fxgpv+%28HypeScience%29

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...