quarta-feira, 3 de junho de 2015

Cruz Vermelha forma 550 voluntários para educar jovens para a exposição solar

Este ano, para além das crianças, a iniciativa vai ser dirigida a adolescentes, dos 13 aos 17 anos, e a jovens adultos, dos 18 aos 35.

A Cruz Vermelha Portuguesa inicia esta quarta-feira a formação de 550 voluntários para ensinar 17 mil jovens a adoptar comportamentos saudáveis em ambiente balnear.
O projecto, que nasceu há oito anos, já envolveu cerca de 110 mil crianças a nível nacional. Este ano, são 53 as localidades envolvidas, 550 os voluntários a formar - quase o dobro do ano anterior (292) - e cerca de 17 mil as crianças.
Em declarações à agência Lusa, a vice-presidente da Cruz Vermelha Portuguesa, Cristina Louro confessou que "esta iniciativa faz cada vez mais sentido porque se nota que, apesar de haver muito mais cuidado com o sol, as pessoas ainda não compreenderam a importância que tem não deixarmos, por exemplo, que as crianças, entre as 11 e as 17 horas andem a fazer exposição ao sol", uma vez que "a pele tem memória e, mais tarde, vão sofrer as consequências de tamanha exposição".
A formação dos voluntários vai incidir sobre os riscos de exposição solar e vai ser desenvolvida por uma dermatologista, que vai falar sobre temas como o melanoma cutâneo, a protecção para diferentes tipos de pele e as regras básicas da exposição solar.
Esta sessão decorre esta quarta-feira na sede da Cruz Vermelha Portuguesa e tem como objectivo "preparar os responsáveis pela implementação do projecto de verão e dotá-los de conhecimento para que se tornem replicadores [do mesmo] pelos seus grupos de voluntários", refere um comunicado da instituição.
Pela primeira vez em oito anos, as mensagens de protecção solar vão chegar a adolescentes, dos 13 aos 17 anos, e a jovens adultos, dos 18 aos 35, e não só a crianças com idades compreendidas entre os cinco e os 12 anos. "Estas acções eram fundamentalmente dirigidas a crianças dos 6 aos 12 anos, mas como a Cruz Vermelha tem voluntários até aos 35 anos, achamos uma mais-valia o envolvimento destes jovens, na medida em que é uma faixa etária que consegue comunicar com as outras com muito mais facilidade e eficácia", acrescentou Cristina Louro.
Todos os anos, a Cruz Vermelha conta com centenas de voluntários que acompanham estes grupos de crianças em actividades de verão em ambiente balnear, promovidas pelas autarquias. Este ano, entre Junho e Setembro, são 53 as localidades nacionais a beneficiar desta iniciativa. As crianças vão poder usufruir, além dos conselhos, de materiais de índole pedagógica, de protecção solar - loções, bonés e sacos de praia - e de diversos jogos alusivos ao tema da exposição ao sol.

Fonte: http://www.publico.pt/sociedade/noticia/cruz-vermelha-forma-550-voluntarios-para-educar-jovens-para-a-exposicao-solar-1697770?frm=ult

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...