domingo, 1 de março de 2015

Estrela “renascida” serve de prévia do nosso futuro


A foto acima é de Abell 30, ou A30, uma estrela que experimentou um novo sopro de “vida”. A 5.500 anos-luz de distância de nós, ela é parecida com o nosso sol, e está no fim da sua fase de gigante vermelha.

Cerca de 12.500 anos atrás (do nosso ponto de vista), ela teve o seu primeiro “contato” com a morte, quando suas camadas exteriores foram expulsas por um vento solar lento e denso que formou uma nebulosa planetária, uma concha quase esférica de material brilhante em expansão pelo espaço.

Então, cerca de 850 anos atrás, ela subitamente “voltou à vida”, cuspindo e tossindo nuvens ricas de hélio e carbono, em um evento violento. A casca externa expandiu violentamente durante este período, mas está se contraindo rapidamente nos últimos 20 anos.

O efeito resultante é a aceleração do vento estelar produzido por A30 para a velocidade atual de 40.000 km/s, mais de 14 milhões de quilômetros por hora.

Quando este vento estelar atinge e começa a interagir com o vento mais lento que foi emitido antes, além da matéria ejetada, estruturas complexas são formadas, incluindo as delicadas caudas parecidas com caudas de cometa vistas próximas à estrela central nesta imagem.

Isso é o que pode vir acontecer com a Terra e os outros planetas em alguns bilhões de anos, quando o sol estiver dando seus últimos suspiros. No centro de sua própria nebulosa, um forte vento estelar e uma poderosa radiação explodindo e evaporando vão agir sobre qualquer planeta que tenha sobrevivido à sua fase de gigante vermelha.

Se alguma civilização distante estiver nos vendo com poderosos telescópios, certamente verá os restos brilhantes dos planetas em raio-X conforme são engolidos pelo vento solar.

Fonte: http://hypescience.com/estrela-renascida-serve-de-previa-do-nosso-futuro/

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...