sexta-feira, 10 de abril de 2015

Novo medicamento contra Parkinson mostra ser uma nova esperança

Pela primeira vez nos últimos dez anos, há um novo medicamento para a doença de Parkinson e que mostra melhorias na capacidade de movimentos.

O novo medicamento pertence à Bial, laboratorio farmacêutico português, e aguarda a aprovação da Agência Europeia do Medicamento para a sua introdução no mercado.

Na véspera do Dia Mundial do Doente de Parkinson, que se assinala sábado, a Antena1 dá a conhecer este novo medicamento.

Só em Portugal, a doença de Parkinson afeta mais de 13 mil pessoas. Este novo medicamento, segundo os especialistas, pode ser útil para a quase totalidade dos doentes que vão passando pelas várias fases da doença.

Entretanto, novos estudos de ressonância magnética permitem diagnosticar a  doença de Parkinson, segundo um estudo.  Os investigadores do Instituto de Medicina Molecular (IMM) demonstraram que a utilização de novos estudos de ressonância magnética permitem diagnosticar a doença, o que vai contribuir para detetar a patologia, anunciou hoje a instituição.

Trata-se de um "avanço significativo para a deteção desta doença crónica com uma prevalência estimada em cerca de 18.000 indivíduos", salienta a informação do IMM.

Fontes: http://www.rtp.pt/noticias/index.php?article=819345&tm=8&layout=123&visual=61

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...