quarta-feira, 15 de julho de 2015

Quatro sinais vindos de fora da Terra que os especialistas ainda não conseguiram explicar

A possível existência de vida extraterrestre e, ainda mais, o possível contato com ela, tem sido o assunto de especulação, raiva e ansiedade para a humanidade nos dias de hoje.
Enquanto isto, do espaço sideral, a ciência registrou múltiplos sinais, os quais são até agora inexplicáveis para os especialistas.  Estes sinais levaram a numerosas teorias e especulações.

4. Os sinais vindos do Aglomerado Perseus

Em junho de 2014, o observatório de Raio-X Chandra, da NASA, e o observatório XMM-Newton da Agência Espacial Europeia (ESA), registraram um sinal claramente inteligente vindo do Aglomerado Perseus, que é um grupo de galáxias localizado a 240 milhões de anos luz da Terra.

3. O Som Negro

 

Como resultado dos dados obtidos do estudo de um buraco negro, que está localizado no sistema estelar GRS 1915 +105, um pesquisador do MIT, Edward Morgan, foi capaz de recriar um dos sons mais misteriosos já resgistrados por humanos.
O modelo replicado é do maior buraco negro da Via Láctea, excendendo a sua massa do Sol, por aproximadamente 18 vezes.  Este misterioso buraco negro emite um som em B flat, à uma frequência de 1 milhão de vezes mais grave do que qualquer coisa percebida pelo ouvido humano.

2. Explosões Espaciais

 

Entre 2011 e 2012, o rádio telescópio Parkes, localizado em New South Wales, Austrália, executou varreduras de rotina do espaço e captou quatro misteriosas explosões de sinais de rádio.  Cada uma destas explosões durou um par de milisegundos, mas sua energia era extremamente alta.
Apesar dos pesquisadores especularem que estas explosões de rádio poderiam ter vindo das profundezas da Via Láctea, há outros cientistas acreditando que elas foram originárias de outro lugar, em uma galáxia mais longe de nós.  Os cientistas não têm a menor ideia do que causou estas explosões e o porquê delas terem sido tão poderosas.

1. O Sinal Wow!

 

Em 15 de agosto de 1977, exatamente às 10h16min (horário da costa leste dos EUA), o rádio telescópio Big Ear, em Ohio – EUA, detectou um sinal de origem desconhecida.  Este misterioso sinal durou 72 segundos, com uma intensidade 30 vezes maior do que o “ruído branco”, ou ruído de fundo do Universo.
Os astrônomos decidiram chamá-lo de sinal Wow! (Uau, em português), porque esta foi a única coisa que o Professor Jerry Ehman, que estava monitorando os computadores, conseguiu escrever no papel na hora que o sinal foi registrado.
O código alfanumérico “6EQUJ5″ descreve a variação de intensidade do sinal.  O sinal carregava consigo as marcas esperadas de origem não terrestre, fora do sistema solar.
Até hoje, este sinal permanece um dos mais misteriosos já recebido.  Muitos acreditam que o sinal Wow! originou de uma civilização extraterrestre em nossa vizinhança galáctica, na constelação de Sagitário, próximo do agrupamento de estrelas Chi Sagittarii.
Várias tentativas foram feitas por Ehamn, bem como outros astrônomos, para detectar e identificar o sinal novamente.  Esperava-se que o sinal aparecesse em intervalos de 3 minutos, mas isso não aconteceu.

Fonte: http://ovnihoje.com/2015/07/14/quatro-sinais-vindos-de-fora-da-terra-que-os-especialistas-ainda-nao-conseguiram-explicar/

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...