quarta-feira, 27 de maio de 2015

Erva daninha americana pode causar onda de alergias na Europa

Ambrosia artemisiifolia foi introduzida na Europa no século 19  (Foto: Dalgial (Own work) [CC BY-SA 3.0], via Wikimedia Commons)Coceira nos olhos, espirros e respiração ofegante estão propensos a se espalhar pela Europa nas próximas décadas por causa da propagação de uma erva daninha norte-americana conhecida por causar alergias, informaram cientistas nesta segunda-feira (25).
Introduzida na Europa no final do século 19, a ambrosia comum (Ambrosia artemisiifolia) é uma planta com caules avermelhados cujas flores são produtoras maciças de pólen.
Hoje, a planta está firmemente estabelecida no norte da Itália e sudeste da França, e está se espalhando por outras partes em habitats de nicho como campos agrícolas, beiras de estradas e aterros ferroviários.
Se a atual tendência continuar se seguindo, a Europa continental norte e o sul do Reino Unido vão ser severamente expostos ao invasor, de acordo com a nova pesquisa.
O estudo, liderado por Lynda Hamaoui-Laguel, do Laboratório da França para o Clima e Ambiente Ciência, foi publicado na revista Nature Climate Change.
Cientistas de França, Reino Unido e Áustria construíram um modelo de computador que mostra a dispersão das sementes da ambrosia e produção de pólen, levando em conta os ventos na Europa e prováveis cenários para o aquecimento global.
“A mudança climática e a dispersão de sementes de ambrosia em áreas adequadas irão aumentar as concentrações de pólen no ar, o que pode, consequentemente, aumentar a incidência e a prevalência de alergias causadas por ambrosia”, diz o artigo.
Em 2050, a concentração atmosférica de pólen da erva daninha irá, em média, ser quatro vezes maior do que os níveis atuais, segundo os cientistas.
O centro e o norte da Europa, o norte da França e o sul do Reino Unido, onde as cargas de pólen de ambrosia são insignificantes no momento, terão aumentos substanciais, e as concentrações vão aumentar em muitas áreas que já são afetadas pela erva.
Cerca de um terço do aumento de pólen irá ocorrer por causa da dispersão de sementes altamente eficaz da erva daninha.
Os dois terços restantes virão de níveis mais elevados de dióxido de carbono, que provoca o crescimento da vegetação, e mudanças no uso da terra que vão abrir novos habitat de ambrosia na Europa setentrional e oriental.
Também chamada de carpineira ou absinto americano, a planta também invadiu partes da Austrália, América do Sul e Japão.

Fonte: http://boainformacao.com.br/2015/05/erva-daninha-americana-pode-causar-onda-de-alergias-na-europa-diz-estudo/

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...