sexta-feira, 15 de maio de 2015

Nave espacial de vela solar idealizada por Carl Sagan a ser testada na realidade

nave vela solar
A Sociedade Planetária (The Planetary Society, no nome original) está se preparando para testar um veículo espacial proposto pelo lendário astrônomo (e fundador da Sociedade Planetária) Carl Sagan. A embarcação é chamada de LightSail e usa uma vela abastecida à luz para se mover. O design é obviamente fascinante e foi testado com sucesso na Terra.
A ideia, que recém saiu do papel, vai ser lançada para a atmosfera superior para testar a implantação de suas enormes velas no espaço.

Vela solar

A tecnologia de vela solar depende de um fato muito conhecido e compreendido pelos cientistas sobre o voo espacial. A luz não tem massa, mas tem impulso, e pode ser transferida para alguma coisa material.
Essa ideia é algo que as agências espaciais tiveram que corrigir desde os primeiros dias de voo espacial.
Claro, os efeitos sobre uma pequena nave espacial são quase nulos, mas é por isso que LightSail tem grandes folhas de Mylar, uma película térmica de poliéster que tem resistência térmica e propriedades de isolamento.
Basicamente, conforme fótons fazem contato com o material da vela solar, parte deles é absorvida, enquanto o restante é refletido. Isto exerce uma pequena quantidade de pressão sobre a vela, o suficiente para empurrá-la.

Essa é a primeira vez que uma vela solar é utilizada?

Não.
Tanto o Japão quanto os EUA já implantaram pequenas velas solares no passado. A novidade é que a LightSail, diferente das outras, terá 32 metros quadrados de material de Mylar. Além da vela, essa nave também precisa de força para arrastar um sistema de comunicação, baterias, painéis solares, um computador e outros equipamentos de voo. Tudo encaixado em um corpo minúsculo que tem o mesmo tamanho de um pedaço de pão.
As velas solares caem na mesma categoria que a tecnologia do motor de íons. Elas precisam de pouco empuxo, mas o que recebem é altamente eficiente. No caso das velas solares, você não precisa usar qualquer combustível, por isso elas são realmente eficientes – especialmente se você não se importar com tempos longos de aceleração.
Os cientistas ainda estão trabalhando em como implementar algo de tamanho maior no futuro.

Para o futuro

Estes projetos de vela solar poderiam atingir velocidades mais respeitáveis ​​com tempo suficiente para acelerar, mas os cientistas ainda estão trabalhando nessa questão. A estimativa é que uma grande vela solar possa chegar a uma fração significativa da velocidade da luz.
Alguns projetos propostos poderiam ser construídos com a tecnologia atual para atingir algo em torno de 20.000 metros por segundo durante uma transferência para um dos planetas exteriores. Parece impressionante, não?

Mesmo assim…

A sonda LightSail não será grande o suficiente para chegar a outros planetas do sistema solar, mas já representa um passo nessa direção. O próximo teste deve acontecer no dia 20 de maio e vai colocá-la apenas o suficiente acima da Terra para poder implantar as velas e executar uma verificação do sistema antes de cair de volta para baixo.
Se tudo correr como planejado e as velas funcionarem corretamente, a Sociedade Planetária vai começar a preparar uma missão real para abril de 2016.
Mal podemos esperar para ver essa ideia em prática!

Fonte: http://hypescience.com/nave-espacial-de-vela-solar-de-carl-sagan-esta-finalmente-recebendo-um-teste-no-mundo-real/

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...