quinta-feira, 14 de maio de 2015

Muita forte o som das ondas sísmicas do terramoto no Nepal

O intenso terremoto fez a Terra tremer por mais de quatro horas e produziu ondas sísmicas que se espalharam por todo o planeta, inclusive São Paulo. O Apolo11 registrou essas ondas e agora mostra pra você o som do terremoto.
Como se sabe, os terremotos produzem ondas mecânicas de grande energia que se propagam por longas distâncias, seja através da superfície, da água ou do interior do planeta. Embora tenham muita força, as ondas sísmicas não podem ser ouvidas, pois sua frequência de vibração é muito baixa, tipicamente entre 0.001 Hz e 1 Hz.

Para registrar as ondas sísmicas que chegam a São Paulo, o Apolo11 faz uso de um instrumento conhecido como sismômetro de Lehman. Nele, um pêndulo longo e sintonizado nas frequências dos terremotos oscila micrometricamente à medida que as ondas atravessam o solo, produzindo um pequeno sinal elétrico que proporcional á vibração.

No entanto, como as ondas têm frequências muito baixas é necessário acelerar a velocidade de reprodução do sismograma até que a frequência das vibrações atinja a faixa de áudio capaz de ser percebida pelo ouvido humano. 

Som do terremoto no Nepal
O vídeo no topo mostra exatamente esse processo. Nele, a velocidade do registro foi acelerada em 2560 vezes e retrata as vibrações registradas em São Paulo entre 06h00 UTC e 10h00 UTC (03h00 e 07h00 horário de Brasília), ou seja, inicia um pouco antes do tremor. Antes e depois desse instante os níveis de ruído de fundo estavam dentro da normalidade, indicando um período de anomalia de aproximadamente 4 horas.

O sismo ocorreu em 25 de abril de 2015 e produziu um intenso terremoto de 7.8 magnitudes que atingiu a área mais populosa do Nepal, ceifando milhares de vidas.

O evento aconteceu a 15 km de profundidade, quando um grande bloco da placa tectônica indiana mergulhou abruptamente sobre a placa eurasiana, liberando a fantástica energia equivalente a 7 milhões de toneladas de TNT, o mesmo que a explosão de 375 bombas iguais à que destruiu Hiroxima em 1945.

Fonte: http://www.apolo11.com/terremotos_globais.php?titulo=Muita_forca_ouca_o_som_das_ondas_sismicas_do_terremoto_do_Nepal&posic=dat_20150513-101828.inc


LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...